terça-feira, 19 de abril de 2016

Prefeito rompe com ex-prefeito, aliado de 16 anos, e causa divisão e briga em família de Matureia



Fonte: Blog Burra Branca
O que poucos talvez jamais imaginassem foi o que exatamente aconteceu na cidade de Matureia. O atual prefeito Daniel Dantas Wanderley, hoje no PSB, rompeu politicamente com parte da família ao não aceitar a pré-candidatura do ex-prefeito Zé Pereira(PDT) a prefeito da cidade após este apoia-lo nas duas últimas eleições na cidade e pedir em troca o apoio do atual gestor em 2016, assim como aconteceu nas duas oportunidades antes de Daniel ser eleito.

Daniel acabou revoltando a muitos ao lançar seu adversário histórico, o responsável direto por toda a oposição a ele, inclusive, pelos processos que ele responde. Estamos falando de Chico Mané(PSB) que foi colocado, segundo a Burra Branca, de goela abaixo sem consultar os aliados, como pré-candidato a prefeito de Daniel. Interessante que Chico perdeu as duas eleições para Daniel e era seu principal adversário até então.

O fato revoltou até parte da Família Dantas Wanderley já que para muitos, após 16 anos de aliança, Daniel não cumpriu a palavra com Zé Pereira. O vereador Bruno Wanderley e o seu irmão, Gustavo Wanderley, romperam politicamente com o tio e anunciaram que permanecem com Zé Pereira para o que der e vier.

Daniel ainda desgostou alguns parlamentares da Câmara ao sair do PMDB e tentar levá-los para o partido do governador Ricardo Coutinho. Não conformados, a turma de quatro vereadores saiu também da legenda e rumou, uns para o PDT e outros para o PTB que vai apoiar Zé Pereira. Com isto, o PMDB de Matureia já não existe mais. Foi todo esvaziado.

Até o vice-prefeito Apriginho(PDT) também rompeu com Daniel e ficou do lado do correligionário.  

Daniel ainda tentou um acordo da seguinte forma: Zé Pereira que teve grande aceitação nos dois mandatos como prefeito e que ajudou eleger Daniel em mais dois, seria vice de Chico Mané. Zé Pereira deu uma gaitada, como diz o matuto, e disse que esse tipo de acordo não tinha o menor sentido, segundo informou a Burra Branca.

Com isso, a separação da Família Dantas Wanderley está selada assim como aconteceu com a Família Mineral em Areia de Baraúnas onde o deputado Antônio Mineral não cumpriu seu acordo com Gilson e despedaçou o grupo.

Teixeira em Foco


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial