domingo, 3 de setembro de 2017

Povo de Teixeira sai às ruas na Caminhada Justiça e Paz!


Dezenas de teixeirenses saíram às ruas da cidade neste sábado, dia 02, às 08h00, para o ato denominado Caminhada Justiça e Paz. O ato contou com homens, mulheres, idosos, crianças e jovens que pediam justiça no caso da morte de Antônio Claudionor Nunes, 54 anos, mais conhecido por Crida.

Crida foi assassinado de forma covarde no dia 19 de julho de 2017 quando trafegava com sua motocicleta na PB 262, na Serra do Teixeira. A morte ainda não foi elucidada e o fato tem revoltado familiares e amigos da vítima.

O ato público teve início na casa de Crida, na Rua Francisco Tota, Centro de Teixeira, e a Caminhada Justiça e Paz percorreu as principais ruas da cidade. Um dos pontos altos da caminhada aconteceu em frente ao Fórum de Teixeira, onde os presentes pediram justiça e distribuíram panfletos e exibiram faixas.

A caminhada também fez referência a morte da senhora Juberlânia Guedes, que foi assassinada no dia 17 de agosto quando estava com seus filhos. Berlânia, como era mais conhecida, foi assassinada de forma violenta tendo o pescoço cortado pelo ex-marido da vítima, Evandro Leite.

A Caminhada Justiça e Paz foi organizada por familiares das vítimas e contou com setores da Igreja Católica, da igreja evangélica, além de amigos e teixeirenses que cobram ação das autoridades de segurança e do poder judiciário diante da violência na cidade.


Fonte: Patos Online

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial