quinta-feira, 9 de novembro de 2017

LUTO- Morre aos 80 anos a poetisa teixeirense Benedita Nunes Rosa


Morreu no início da tarde desta quinta-feira, 09, no Hospital Regional de Patos, onde se encontrava internada desde a noite da última terça-feira,07 . Dona Benedita nasceu no ano de 1937 e se consagrou como poetisa teixeirense pelas sua maneira simples de tratar de temas.

Dona Benedita como era conhecida, é extremamente conhecida em todo município. Durante pouco mais de 50 anos a poetisa foi catequista. Mulher de muita fé, sempre esteve relacionada a temas religiosos. 

Devota da padroeira, Santa Maria Madalena, contribuiu sendo catequista e fazendo celebrações em seu setor, sendo também ministra extraordinária da distribuição da comunhão, Dona Benedita serviu a igreja católica até ser acometida com problemas de saúde.

Nesta última terça-feira, 07, ela foi conduzida ao HRP ficando internada até o meio dia de hoje quando deu o seu último suspiro na presença de sua filha que é agente comunitário de saúde.

Teixeira é considerada a terra da cantoria e da poesia, Benedita serviu e servirá de inspiração para todos os poetas que da cidade surgirem.

São mais de cem poesias escritas, contudo, Benedita não chegou a lançar nenhum livro. 

Seu corpo será velado na Rua José Pedro de Oliveira onde ela residia e o seu sepultamento deverá ser nesta sexta-feira.

TEIXEIRA TORRÃO QUERIDO
POR JESUS ABENÇOADO
EIS POR TODOS ADORADO 
POR SER FORTE E DESTEMIDO
O TEU POVO EMBRAVECIDO
VENCE UMA LUTA DE GUERRA
EM NOSSO PEITO SE ENCERRA
POR SER FORTE E VARONIL
UM RECANTO DO BRASIL
BELEZA DE MINHA TERRA.

BENEDITA NUNES ROSA



Vitinho Galdino e Jonathan Ferreira/ Teixeira em Foco

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial