Últimas Notícias

Prefeito de Teixeira é cassado por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2016

Resultado de imagem para nego de guri

Foi publicado nesta quarta-feira, 31,  no Diário Oficial Eleitoral a sentença condenatória contra o prefeito de Teixeira, Edmilson Alves dos Reis, mais conhecido como Nego de Guri, e o seu vice, Amarildo Meira de Vasconcelos, cassando os seus mandados e os tornando inelegíveis por oito anos.

O motivo da condenação é por abuso de poder econômico e político, condutas vedadas e captação ilícita de sufrágio na campanha eleitoral de 2016.

O juiz da 30ª Zona Eleitoral, Carlos Gustavo Albuquerque Barreto finalizou a sentença informando que em caso de trânsito em julgado, a Câmara Municipal deverá solicitar ao Tribunal Regional Eleitoral novas eleições municipais.

Edmilson Alves dos Reis, também conhecido como Nego de Guri, foi reeleito prefeito de Teixeira nas eleições de 2016 com 4.630 votos, o que corresponde a 51,27% do eleitorado. Ele venceu o candidato Wenceslau Souza Marques (PDT) com uma diferença de 229 votos.

O advogado do prefeito, Rejânio, explicou que a decisão ocorreu em primeira instância e que a coligação do prefeito irá recorrer da decisão. 

A denúncia foi formulada pela coligação opositora, ‘o povo pode mais’.

Fonte: Patos verdade