Últimas Notícias

Multa de TAC é revertida em doações para o conselho tutelar de Teixeira. Ministério do Trabalho aprova transparência


O Ministério Público do trabalho, tendo solicitado do conselho tutelar de Teixeira,  em novembro do ano passado uma listagem das principais necessidades da sede do órgão conferiu e aprovou o acordo cumprido através de um termo de ajustamento de conduta.

Em novembro, a sede do conselho tutelar ganhou equipamentos novos, conforme solicitado em ofício. Os equipamentos chegaram embalados e foram conferidos pela procuradora do Ministério, Marcela Asfora e pelos membros do colegiado.

Visando também dar uma cara nova na estrutura física outras doações foram conseguidas. Alguns teixeirenses realizaram suas doações, dentre eles: Nilda Lira (Vereadora), Valone Dias (Vereador presidente), Valéria Reis (Secretaria de Ação Social), Nego de Guri (Prefeito Constitucional), João Batista Filho (Secretário de Educação), Toizinho (Supermercado), Zé da Lanchonete (Hotel da Serra), Rubenildo (Professor e Artista), Gilma Ramalho (Costureira).

Neste ano de 2018, tudo passou por uma inspeção. Logo após, foi recebida a informação da aprovação e de elogios pelo comprometimento dos membros do CTT na apresentação da prestação de contas. Tudo seguiu as normas estabelecidas pelo processo do TAC.

"Registramos também nossos agradecimentos ao promotor Dr. Pedro Torres, um dos responsáveis pela liberação do TAC junto a procuradora Dra. Marcela de Almeida Maria Asfora. Continuaremos sempre à disposição para exercer da melhor forma nossos papel no município; respeitando os direitos das crianças e dos adolescentes. "Concluiu o presidente do conselho, Yago Lucena. 








Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco

Nenhum comentário