Últimas Notícias

21 anos da morte do inesquecível Padre Boleslau

                   

O Inesquecível Padre Boleslau Biernasky nasceu em Warsóvia, na Polônia no dia 4 de março de 1916. Na juventude foi Capitão do Exercito Polonês durante a Segunda Guerra Mundial, durante a invasão do Exército do "III Reich" comandadas por Adolf Hitler em 1939. Viu seus pais serem perseguidos e fuzilados por um Oficial do Exército Alemão. Sofreu perseguições e deixou sua terra natal para dedicar-se a religião e a ajudar os mais necessitados. Ordenou-se Padre e foi pároco na cidade serrana de Teixeira, no Sertão da Paraíba no ano de 1952 até 1957, quando foi chamado para comandar a Paróquia de Nossa Senhora das Mercês em Cuité. 

O Padre Boleslau permaneceu no comando da paróquia de Cuité de 12 de setembro de 1957 até 17 de janeiro de 1964, quando veio novamente para Teixeira, retornando em 14 de fevereiro de 1965, no lugar do Padre Antonio Apolinário Batista, que o substituiu, passando um curto período em Cuité. O Padre Boleslau ficou no comando da paróquia também por um curto período até 23 de junho do mesmo ano, quando retornou ao comando da Paróquia de Santa Maria Madalena em Teixeira onde ficou a frente até 1992, quando se aposentou do sacerdócio. 

Permaneceu na Serra do Teixeira, onde tinha um carinho especial por esta terra, quando fez a ultima visita ao país natal, Polônia, conterrâneo e primo do inesquecível Karol Józef Wojtyła, São João Paulo II, sinônimo de amor e dedicação aos pobres, fez a seguinte declaração, "Não deixo nenhuma queixa, porque eu amava tanto o povo que queria bem a mim!". Pensou que não voltaria mais a referida cidade serrana, mas foi para Teixeira que voltou e viveu até o seu falecimento em 24 de junho de 1998. Como se diz aqui em Teixeira, "Bebeu água do Cacimbão já era". 

Hoje fazem 21 anos do seu sepultamento. O nome do querido Padre ficará sempre lembrado na história de Teixeira e de outros lugares onde passou, sinônimo de fé e dedicação as terras onde lhe acolheram com tanto carinho.




Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco