Últimas Notícias

MP investiga denúncia de poluição sonora na Igreja católica de Teixeira


A Paróquia de Santa Maria Madalena foi notificada pelo Ministério Público para se manifestar sobre possível excesso na utilização de instrumentos sonoros.

Na notificação o MP pede para que o responsável pela igreja se manifeste sobre a possível irregularidade sonora, ao considerar o teor da denúncia que haveria excesso de som nas difusoras da igreja que começariam a tocar nas primeiras horas da manhã do domingo.

A denúncia diz ainda que o som vindo das difusoras que ficam nas paredes da igreja atrapalham o descanso e sono das pessoas no centro da cidade, posto que segundo a denúncia, começa a tocar o sino às 6h da manhã e a primeira missa já começa às 7h com a transmissão pelas caixas de som externas.

Fala ainda que são 2 missas na parte da manhã e outra de noite, todas sendo bastante frequentadas pela população, ao ponto que o MP quer saber se existe ou não excesso na utilização sonora, por possível poluição sonora.

A denúncia pede para que haja uma fiscalização do volume, dizendo que é importante o direito a liberdade religiosa, mas também existe o direito ao descanso no domingo e por ter pessoas de outras religiões que em tese não são obrigadas a ouvir toda a missa de suas casas. Por fim, pede a fiscalização da SUDEMA alegando que deve haver o cumprimento da legislação ambiental e que haja uma conciliação ente o padre e o MP em prol da sociedade.

O Teixeira em Foco vai acompanhar o fato. 

Foto: Chico Figueiredo

Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco