Últimas Notícias

Agricultores ateiam fogo em matagal próximo ao Pico do Jabre, em Matureia, e assusta moradores da região de Patos


Na noite desta quarta-feira, dia 30, os moradores do Residencial Itatiunga, localizado às margens na BR 361, em Patos, deram a informação que se podia ver ao longe o fogo na Serra do Teixeira, nas proximidades da Reserva do Pico do Jabre. Logo, outras pessoas também deram conta do fogo e causou pânico na região.

O fato causou pânico, pois, em setembro de 2016, um grande incêndio devastou grande parte da mata virgem na Reserva do Pico do Jabre e trouxe prejuízos incalculáveis a natureza.

Na manhã desta quinta-feira, dia 31, o 4º Batalhão do Bombeiro Militar (4º BBM) confirmou que houve fogo nas proximidades da Serra do Teixeira, porém, de forma irresponsável, o fogo foi feito por agricultores após desmatarem parte de terras no início da serra.

A prática de atear fogo em lixos, restos de poda de árvores, matagal após desmatamento, dentre outras formas, é crime e pode acarretar punições previstas em leis. Atear fogo em vegetação, mesmo de forma considerada controlada, é fator de risco absoluto para a fauna e a flora.

No período de estiagem, de pastagem seca e árvores que sofrem pela falta de chuvas na região e diante de temperaturas elevadas, atear fogo na zona rural pode sair fogo do controle e causar danos ambientais severos ao sair do controle.

Fonte- Patosonline.com