Últimas Notícias

Menina da PB desaparecida há quatro dias é achada em PE


A Polícia Civil de Campina Grande localizou a menina de 12 anos que estava desaparecida desde a noite do último sábado (30), quando saiu de casa sem avisar para onde iria. De acordo com o delegado Luciano Soares, a adolescente foi encontrada na cidade de Toritama, em Pernambuco, e estava na casa de familiares de um conhecido que, supostamente, conheceu pela internet.

Inicialmente, a família desconfiou que o caso se tratava de pedofilia, já que descobriram que a menina trocava mensagens com o pai de uma aluna da escola onde estudava. O homem casado, de 40 anos de idade, vinha enviando presentes para ela dias antes, enquanto estava na escola.

No dia do desaparecimento, a jovem teria ido à Central de Polícia mais cedo prestar depoimento e fazer um boletim de ocorrência por assédio sexual e pedofilia. O homem suspeito teria fugido de casa após ser descoberto pela esposa. Segundo o delegado, ela não estava com o homem durante a fuga, mas a situação está sendo objeto de investigação.

Depois de encontrada, a jovem foi ouvida na Delegacia de Crimes contra a Infância de Campina Grande, onde relatou que fugiu para o estado vizinho em um aplicativo de transporte, após pegar dinheiro e roupa em casa. A polícia suspeita de que um desentendimento familiar foi a motivação, mas o caso segue em observação.

Família que abrigou em PE

A família que abrigou a menina em Pernambuco também está sendo investigada. As informações iniciais dão conta de que o suposto conhecido da adolescente não estava em casa quando ela foi pedir abrigo, mas ela insistiu para que a família dele a aceitasse lá.

O delegado Luciano Soares acredita que os pernambucanos não desconfiaram de nada porque não tinham conhecimento da idade pela condição física da jovem, que aparenta ser mais velha.

Fonte: Portal Correio