terça-feira, 10 de março de 2020

Ex-governador Ricardo Coutinho e mais seis são denunciados na Operação Calvário

Ex-Governador, Ricardo Coutinho- Foto:Junior Fernandes- SECOM/PB
O ex-governador Ricardo Coutinho e mais seis investigados na Operação Calvários foram denunciados pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A denúncia apresentada à Justiça só foi divulgada nesta terça-feira (10). Dessa vez o alvo da denúncia é um suposto pagamento de R$ 200 mil em propina ao auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Richard Euler Dantas de Souza.

Além dos dois, também são denunciados a ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias; o ex-procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro; o ex-secretário de Saúde Waldson de Souza; o então superintendente da Cruz Vermelha, Ricardo Elias; e o empresário Daniel Gomes. O grupo é acusado de crimes como peculato, corrupção passiva e ativa e em alguns casos coação no curso do processo.

De acordo com as investigações do MP, a propina paga ao auditor do TCE teria o objetivo de “esfriar” as fiscalizações do órgão nos contratos entre a Cruz Vermelha e a gestão estadual.

A denúncia também relata que o grupo, que seria comandado pelo ex-governador Ricardo Coutinho, teria contratado uma empresa especializada em inteligência de Brasília para confeccionar dossiês contra conselheiros e auditores do TCE.

O que dizem os citados

Ricardo Coutinho: a defesa não teve acesso aos autos e ainda deve se aprofundar na denúncia para poder emitir um posicionamento.
O G1 tentou contato com Gilberto Carneiro por telefone, mas as ligações não foram atendidas. Não conseguimos contato com a defesa de Livânia Farias, Waldson de Souza, Ricardo Elias e Daniel Gomes.
O G1 entrou em contato com a assessoria do Tribunal de Conta do Estado da Paraíba para um posicionamento sobre o auditor Richard Euler Dantas de Souza, mas não recebeu retorno.

Whatsapp Button works on Mobile Device only