terça-feira, 24 de março de 2020

Nenhum caso suspeito ou confirmado do coronavírus na Região da Serra do Teixeira




Não há nenhum caso suspeito ou confirmado de infecção por coronavírus nas cinco cidades que integram a Região da Serra do Teixeira, ou seja, Cacimbas, Desterro, Teixeira, Maturéia e Imaculada, segundo as secretarias municipais de saúde. 

Em Teixeira, maior cidade da Região, algumas situações já causaram pânico em alguns populares, contudo, de acordo com o setor de epidemiologia todas as situações foram normalizadas e rapidamente descartadas. 

No domingo, um homem de 20 anos foi encontrado na Praça Cassiano Rodrigues com possíveis sintomas do coronavírus. Uma equipe do SAMU foi acionada e junto a PM fez questionamentos ao homem que inicialmente afirmou residir no setor Pedra do Galo e residir com sua avó, mas logo a informação entrou em contravertias. A situação foi controlada e a informação de coronavírus descartada. Nas demais cidades da Região nenhum um caso assustador foi notificado. 

As secretarias municipais continuam seguindo recomendações do Ministério da Saúde. Os gestores municipais adotaram medidas. Nas cinco cidades as aulas da rede pública de ensino foram suspensas e os comércios deverão fechar. 

TEIXEIRA 

Foto: SECOM- TEIXEIRA

O prefeito de Teixeira decretou na manhã do domingo, situação de emergência no município determinando suspensões no funcionamento de estabelecimentos na cidade. 

Entre as medidas previstas estão a suspensão de todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza; visitações à pontos turísticos, atividades em organizações não governamentais e associações/sindicatos comunitárias; as reuniões de Conselhos Municipais ou outras formas de colegiados, salvo situações específicas devidamente justificáveis; a realização de missas, cultos religiosos, festas, bailes e shows; funcionamento de escolas públicas e privadas; centros de atenção e convivência de idosos, bibliotecas, academias, centros de treinamentos, centros de ginástica e/ou esportivos e/ou lazer e/ou culturais, bares, lojas de fornecimento de bens e/ou serviços não essenciais e feiras livres. 

Os locais que permanecerão em funcionamento são aqueles considerados bens e/ou serviços essências como: os mercados, supermercados, verdureiras, fruteiras e quitandas; as farmácias de medicamentos de uso humano e veterinário; os comércios de rações para nutrição animal; os postos de abastecimento de combustíveis, gás e água mineral; os bancos, casas lotéricas e correspondentes bancários devem funcionar de acordo com a determinação do Banco Central; lanchonetes e restaurantes, com portas fechadas e sem atendimento ao público, atendendo no sistema de delivery, assim considerada a entrega na porta da casa do cliente, utilizando-se de todos os meios de higienização necessários ao combate ao COVID-19. 

Ainda segundo o decreto, Os serviços de transporte de pessoas, ainda que informais, devem, rigorosamente, reforçar as medidas de higienização de seus veículos diariamente, limitar o transporte de passageiros à 50% da capacidade de transporte e trafegar com janelas abertas e sem ar condicionado; Os transportes públicos, coletivos e alternativos ficam suspensos, excetos as viagens excepcionais, a exemplo de deslocamento para tratamento médico e/ou medicamentoso (hemodiálise, tratamentos de câncer), em tratamentos fora do domicílio e os expressamente autorizados pelos médicos. 

MATUREIA 


A Prefeitura Municipal de Maturéia publicou na quarta-feira (18), publicou decreto determinando situação de emergência no período de 60 dias, na qual serão desenvolvidas ações emergenciais para conscientização da população, suspensão de eventos com aglomeração, priorização de atendimentos de saúde de urgência e funcionamento em horário especial da Secretaria Municipal de Saúde. 

O decreto também determina a suspensão das aulas da Secretaria de Educação, bem como da Secretaria de Ação Social, pelo período de 30 dias, que vão de 19 de março a 19 de abril de 2020, além das aulas outras atividades como treinamentos, congressos e demais eventos com aglomeração também estão suspensos pelo igual período, podendo esse tempo ser prorrogado ou antecipado mediante o controle da situação. 

CACIMBAS 


A Prefeitura de Cacimbas, suspendeu as aulas de rede municipal por um período de 15 dias e a realização de eventos. 


Foi decretado situação de emergência na cidade. A licitação para compra de insumos de saúde foi dispensada. 

Os diversos órgãos da gestão municipal fará orientações aos populares se utilizando das mídias sociais e de espaços de comunicação. 

IMACULADA 


O prefeito de Imaculada, Aldo Lustosa, assinou um decreto de lei com diversas restrições a fim de evitar aglomerações. Segundo o documento alguns setores do comercio, bares, restaurantes, lanchonetes, áreas de lazer público e privadas deverão fechar as portas. 

Os serviços essenciais como farmácias, supermercados, venda de verduras e laboratórios e postos de combustíveis vão continuar abertos, mas devem restringir o número de pessoas a fim de evitar aglomeração. 

DESTERRO 


O prefeito Municipal Valtécio de Almeida, anunciou as seguintes medidas para contenção do coronavírus em Desterro. A divulgação foi feita após reunião com equipe de governo. 

-Suspensão das aulas por 30 dias, podendo ser adiada ou antecipada a volta. 

-Interdição do Ginásio e da Quadra do Alto. 

-Suspensão da expedição de alvará para festas acima de 50 pessoas. 

-Secretarias vão funcionar apenas expediente interno, com exceção da Secretaria de Saúde. 

Outras ações de saúde foram apresentadas na Rádio Entre Rios FM, pelo Secretário de Saúde. 

A orientação é permanecer em casa, nestas cidades muitas ruas estão vazias. 

Fotos: Assessorias

Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco

Whatsapp Button works on Mobile Device only