domingo, 22 de março de 2020

População se assusta após homem ser encontrado na praça de Teixeira com sintomas aparentando coronavírus. Suspeita não confirma


Um homem aparentando entre 25 e 30 anos foi encontrado na tarde deste domingo, 22, na Praça Cassiano Rodrigues, no centro da cidade de Teixeira, aparentando alguns possíveis sintomas do COVID-19, o novo coronavírus. Rapidamente vídeos circularam através das redes sociais, causando pânico na população teixeirense. 

Após muita fake news e o pânico ter sido gerado na população, o SAMU (Serviço de atendimento móvel e urgência), foi acionado e seguindo recomendações do médico o homem foi questionado pela equipe de plantão que comprovou que os sintomas não eram do COVID-19. 

Foi necessário o uso de força policial e o homem não foi atendido pelo SAMU pela falta de EPi's proteção avançada e adequada para o atendimento. Em nota, a prefeitura municipal esclareceu a informação da falta do equipamento de proteção individual. 

Veja a nota na integra: 

"Diante dos fatos que circulam nas redes sociais que se referem à falta de EPI’s, comunicamos que o Mistério da Saúde exigiu uma proteção mais avançada para os profissionais da saúde que estão em contato direto contra o coronavírus, tais como: protetor facial, macacão, mascara (N95), capote e luvas. Esses materiais já foram solicitados pela prefeitura, porém, estão faltando nas empresas fornecedoras.

Aproveitamos para pedir a colaboração de quem souber de empresas que tenham esse tipo de material em estoque, favor nos informar pelo telefone: (83) 9 9998-6522.

As luvas, mascaras, álcool e demais EPI’s das equipes de saúde do cotidiano, estes não estão em falta, mas o prefeito já solicitou nova compra desse material." 

Foi constatado pela equipe que o homem mora com a avó no setor Pedra do Galo e não teve contato com ninguém que viajou nos últimos dias. 

Foi verificado também que o homem sofre de problemas respiratórios, por isso estava aparentando estar sem ar. Há informações que o homem é usuário de drogas, porém não foi confirmado pelas equipes responsáveis. 

O homem inclusive faz parte AMERÊ, criado pela secretária de saúde de Teixeira e financiado com recursos próprios, que tem como objetivo a identificação de pacientes expostos a fatores de riscos, para doenças respiratórias e implementação de estratégias para redução de risco e tratamento da doença. 

PÂNICO NA POPULAÇÃO 

Sem a apuração das informações muitos teixeirenses compartilharam através das redes sociais informações inverídicas, causando pânico na população e em filhos ausentes. 

Muitos teixeirenses que residem em outras cidades entraram em contatos com familiares para verificar as informações. O alerta aumentou na cidade. 

A secretária municipal de saúde, Larissa Lira disse que não há motivos para pânico. 

TEIXEIRA CONTINUA SEM CASOS 

A cidade de Teixeira continua sem casos suspeitos do novo coronavírus. A informação foi confirmada pela secretaria municipal de saúde e pelo setor de epidemiologia do município. 

CONSCIENTIZAÇÃO 


Através das redes sociais, dos sites e da rádio Teixeira FM há um aumento de conscientização para o não contagio do coronavírus. Amanhã, segunda-feira, 23, a Teixeira FM, recebe o médico Dr. Everton Barbosa, da unidade VI do bairro Pedra do Galo e a coordenadora do setor Claudenora Ramalho, coordenadora e técnica de vigilância no município. A entrevista vai ao ar ao meio dia e pode ser acompanhada pela 104.9, pelo site www.teixeirafm.com.br e pela transmissão no facebook. 

DECRETOS E PRECAUÇÕES 


O prefeito Edmilson Alves dos Reis “Nêgo de Guri”, decretou na manhã deste domingo situação de emergência no município de Teixeira-PB, determinando suspensões no funcionamento de estabelecimentos na cidade. 

As medidas visam conter o avanço do novo coronavírus e segue orientações nos termos declarados pela Organização Mundial da Saúde – OMS, em consonância com a Portaria nº 188/GM/MS, do Ministério da Saúde – MS,. A cidade ainda não tem casos confirmados até o presente momento. 

Como medidas individuais recomenda-se que pacientes com sintomas respiratórios fiquem restritos ao domicílio e que pessoas idosas e pacientes de doenças crônicas evitem sua circulação em ambientes com aglomeração de pessoas. 

Entre as medidas previstas estão à suspensão de todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza; visitações à pontos turísticos, atividades em organizações não governamentais e associações/sindicatos comunitárias; as reuniões de Conselhos Municipais ou outras formas de colegiados, salvo situações específicas devidamente justificáveis; a realização de missas, cultos religiosos, festas, bailes e shows; funcionamento de escolas públicas e privadas; centros de atenção e convivência de idosos, bibliotecas, academias, centros de treinamentos, centros de ginástica e/ou esportivos e/ou lazer e/ou culturais, bares, lojas de fornecimento de bens e/ou serviços não essenciais e feiras livres. 

Os locais que permanecerão em funcionamento são aqueles considerados bens e/ou serviços essências como: os mercados, supermercados, verdureiras, fruteiras e quitandas; as farmácias de medicamentos de uso humano e veterinário; os comércios de rações para nutrição animal; os postos de abastecimento de combustíveis, gás e água mineral; os bancos, casas lotéricas e correspondentes bancários devem funcionar de acordo com a determinação do Banco Central; lanchonetes e restaurantes, com portas fechadas e sem atendimento ao público, atendendo no sistema de delivery, assim considerada a entrega na porta da casa do cliente, utilizando-se de todos os meios de higienização necessários ao combate ao COVID-19.---  SECOM

Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco

Whatsapp Button works on Mobile Device only