quinta-feira, 5 de março de 2020

Ricardo Coutinho tem pedido negado pelo STJ que mantém uso de tornozeleira eletrônica

O pedido tinha sido protocolado na última segunda-feira (2). (Foto: reprodução)
Foi negado pela ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o pedido do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), para retirar a tornozeleira eletrônica imposta a ele como medida cautelar pelo desembargador Ricardo Vital, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba. A decisão foi publicada no final da tarde desta quinta-feira (5).

O pedido tinha sido protocolado na última segunda-feira (2). No mês passado, a Sexta Turma do STJ manteve o ex-governador livre, mas impôs uma série de medidas cautelares, além de autorizar o desembargador Ricardo Vital a acrescentar medidas cautelares que entendesse necessárias.


Whatsapp Button works on Mobile Device only