quarta-feira, 22 de abril de 2020

Após 23 dias de internação, bebê de mãe que morreu vítima de Covid-19 recebe alta em Belém do Pará

Pietro recebe alta após 23 dias de internação — Foto: Agência Pará
Depois de 23 dias na UTI neonatal, recebeu alta hospitalar o bebê que nasceu de parto de emergência após sua mãe apresentar complicações de Covid-19. Ela passou dias internada, mas não resistiu. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (22), pelo Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV), em Belém, onde o bebê foi atendido.

Pietro nasceu no dia 30 de março, pesando 2,750 g, após sua mãe ser submetida à cesárea de emergência. Ela fazia parte do grupo de risco por ser portadora de Estenose Mitral, que é uma má formação em uma válvula do coração, que dificulta a circulação de sangue no órgão. A mãe do bebê já era paciente da FHCGV e, há nove anos, foi submetida a uma cirurgia de troca de válvula biológica também no hospital.

Com 34 semanas de gravidez, ela deu entrada no hospital apresentando um quadro de febre e dispneia. Após o parto de emergência, o bebê foi levado em seguida para a UTI neonatal.

"Ele necessitou de manobras de reanimação ao nascer e foi encaminhado para a UTI neonatal. Ele ficou entubado por nove dias, recebeu oxigênio, foi medicado com antibióticos e drogas vasoativas no período crítico, ele também apresentou crises convulsivas", relata a chefe da UTI neonatal, Andrea Torres.

Diante dos sintomas apresentados pela mãe de Pietro, o caso dela foi notificado como suspeito de Covid-19 e a confirmação veio no dia 2 de abril. Após o resultado, a paciente foi transferida para a Fundação Santa Casa de Misericórdia. Lá o quadro da mãe evolui para dispneia e insuficiência respiratória aguda. A paciente faleceu no dia 11 de abril.

Recuperação

Após 23 dias de internação, o bebê já está em casa com o pai e a irmã de 5 anos. A família mora em São Miguel do Guamá.

"O Pietro resistiu bravamente e vai pra casa sugando bem e sem sinais clínicos e princípio de sequelas", comemora a médica Andrea Torres.

Pelas redes sociais, o governador do Estado, Helder Barbalho, agradeceu aos profissionais de saúde que cuidaram da mãe e do bebê. "Gratidão e orgulho da equipe de UTI Neonatal do Hospital de Clínicas Gaspar Vianna. Muita emoção e profunda felicidade em ver a imagem desse bebê. Que Deus proteja seus caminhos. Meus sentimentos aos familiares desta mãe", escreveu.

Whatsapp Button works on Mobile Device only