Últimas Notícias

Navio é isolado após tripulantes apresentarem suspeita de coronavírus no Porto de Cabedelo

Petroleiro Stena Premium está saiu do Rio Grande do Norte e atracou no Porto de Cabedelo, onde está isolado — Foto: reprodução/TV Cabo Branco
Pelo menos 26 tripulantes de um navio petroleiro estão isolados dentro da embarcação que atracou no Porto de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Segundo informou a Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) nesta segunda-feira (27), o isolamento se deu pelo fato de dois tripulantes apresentarem febre, um dos sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Em nota publicada pela Docas-PB, o navio petroleiro Stena Premium, que tem bandeira das ilhas Bermudas, saiu da cidade de Guamaré, no Rio Grande do Norte e notificou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o quadro de febre dos tripulantes.

Segundo a companhia, enquanto aguardava liberação dos documentos por parte da Anvisa, o comandante do navio acompanhou o quadro de saúde dos tripulantes e enviou informações duas vezes ao dia para a Docas-PB, para a Anvisa, Polícia Federal e Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB), além da secretaria de saúde de Cabedelo e da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A embarcação foi autorizada a atracar na sexta-feira (24), após liberação dos documentos, mas o navio vai ficar isolado no berço 101 do porto e não tem autorização para realizar nenhuma operação. Conforme a assessoria de imprensa da SES, equipes de saúde subiram à bordo do navio para fazer testes com toda a tripulação.

A Docas-PB informou que o isolamento do navio vai continuar até que saia o resultado de todos os exames. Caso algum dê positivo para Covid-19, o tripulante vai ser desembarcado e encaminhado para os serviços de saúde de referência e o navio segue em quarentena.

Além do Stena Premium, outros dois navios estão atracados no Porto de Cabedelo, um para descarga de 29 mil toneladas de coque de petróleo e outro para descarga de 8 mil toneladas de trigo. As duas embarcações seguiram o protocolo de segurança e não apresentam riscos à saúde, estando com operações autorizadas, segundo a Companhia Docas da Paraíba.

A Secretaria de Saúde de Cabedelo informou que está monitorando o caso junto com a Anvisa e a Capitania dos Portos e que já têm um plano de ação determinado em caso de confirmação da Covid-19 em algum tripulante.