Últimas Notícias

11 apenados testam positivo para coronavírus e outros estão sob suspeita no Presídio Procurador Romero Nóbrega, em Patos


No final da manhã deste domingo, dia 10, vários apenados que estão no Presídio Procurador Romero Nóbrega, em Patos, foram submetidos a testes rápidos para averiguação de carga viral para o novo coronavírus, Covid-19. Dos 25 submetidos aos testes, 11 foram confirmados como acometidos pelo Covid-19.

O pedido foi reforçado pelo próprio diretor da unidade prisional que havia separado os apenados que apresentavam gripes e sintomas semelhantes para o Covid-19. A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Patos (OAB/Patos), também havia solicitado desde o primeiro caso confirmado para Covid-19.

A Comissão de Direito Criminal da OAB/Patos, através do presidente Corsino Peixoto, relatou que vai encaminhar a solicitação de prisão domiciliar monitorada, ou seja, que os apenados sejam enviados para suas residências e usem tornozeleiras eletrônicas. A comissão vai fazer um levantamento dos casos mais sensíveis.

Também vem sendo feito acompanhamento pela Defensoria Pública do Estado da Paraíba com seu Núcleo Regional, que tem sede em Patos. Monaliza Montinegro, coordenadora do Núcleo, disse que a Defensoria está buscando as melhores formas diante do momento tão delicado e que exige medidas urgentes e sensatas.

Gilberto Rio Pereira, diretor do Presídio Procurador Romero Nóbrega, relatou que todas as medidas vêm sendo tomadas desde o primeiro caso. Ele disse que os apenados que apresentaram sintomas foram separados e que todos os protocolos estão sendo seguidos. Houve desinfecção de ambientes e o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de higiene redobrada.

Jozivan Antero – Patosonline.com