Últimas Notícias

Governo da Paraíba distribui 52 mil cestas básicas e cerca de 600 toneladas de alimentos com famílias carentes


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, concluiu a entrega das 52 mil cestas básicas com as famílias cadastradas no Programa Cartão Alimentação nos 223 municípios paraibanos. Também foram contempladas 43 comunidades quilombolas, indígenas e povos de terreiros, numa parceria com a Secretaria da Mulher e Diversidade Humana. Por meio da Secretaria Executiva de Economia Solidária, foram ainda distribuídas cerca de 600 toneladas de alimentos oriundos da Agricultura Familiar, além de 40 toneladas de peixes e 30 toneladas de frango para famílias em situação de vulnerabilidade social.

A distribuição das cestas básicas e dos alimentos adquiridos junto aos produtores da Agricultura Familiar – a exemplo de inhame, batata, macaxeira e frutas – faz parte das medidas sociais emergenciais anunciadas pelo governador João Azevêdo para enfrentamento dos efeitos provocados pela pandemia do coronavírus. Junto com essa ação, o valor do cartão alimentação foi reajustado em R$ 15,00, subindo para R$ 50,00.

Ao todo, foram distribuídas 30 toneladas de frango, 40 toneladas de peixe, 60 toneladas de abacaxi, 60 toneladas de banana, 90 toneladas de batata doce, 93 toneladas de inhame, 16 tonelada de jerimum, 100 toneladas de macaxeira in natura, 60 toneladas de mamão, 34 toneladas de milho, 40 toneladas de macaxeira embalada a vácuo, 25 toneladas de macaxeira.

Moradores em situação de rua – Outra medida de enfrentamento dos efeitos da pandemia é a distribuição mensal de mais de 60 mil refeições com pessoas que vivem em situação de rua, por meio de uma parceria do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, com a Igreja Católica, envolvendo a Arquidiocese da Paraíba, Ação Social Arquidiocesana (ASA) e o Hospital Padre Zé.

Diariamente, são distribuídas mais de 2 mil refeições – café, almoço e jantar – na orla e no centro de João Pessoa, na conhecida casa de Dom José Maria Pires.

A ação social foi intensificada a partir do mês de março, com a ampliação de um projeto já existente, que conta com financiamento do Governo do Estado, por meio do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), e possui 700 pessoas inscritas. Atualmente, são atendidas aproximadamente 2 mil pessoas.

SECOM-PB