terça-feira, 7 de julho de 2020

Brasileiro pode ser um dos primeiros casos de cura do HIV


O primeiro caso de um homem soropositivo que entrou em remissão de longo prazo depois de ser tratado durante menos de um ano com um coquetel intensificado de vários remédios contra Aids aumentou nesta terça-feira a esperança de uma cura futura da doença.

O brasileiro de 34 anos, que foi diagnosticado com HIV em 2012, foi tratado com uma base de terapia antirretroviral que foi reforçada com outros antirretrovirais e ainda um medicamento chamado nicotinamida, uma forma de vitamina B3.

O tratamento intensificado foi interrompido depois de 48 semanas, disseram médicos nesta terça-feira, e 57 semanas depois o DNA de HIV em suas células e seu exame de anticorpos de HIV continuavam negativos.

Veja a matéria completa aqui.

Whatsapp Button works on Mobile Device only