quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Polícia fecha cabaré no Junco do Seridó após reclamação do padre


A Polícia Militar (PM), fechou um bar que funciona como uma espécie de cabaré, no final da tarde desta quarta-feira (19).

Com o sugestivo nome de Bar das Coleguinhas, localizado as margens da BR 230, o cabaré ganhou notoriedade no último domingo (16), quando durante a celebração da missa transmitida também pela Internet, pelo padre Luiz (veja AQUI), que reclamou das medidas sanitárias duras imposta devido a pandemia do Coronavírus na cidade.

Na oportunidade, o padre disse que enquanto o cabaré estava aberto há um bom tempo, a igreja permanecia fechada.

O pároco teme o alastramento da Covid-19 em Junco e que isso possa levar o poder público Municipal a baixar novo decreto mandando fechar os estabelecimentos, incluindo a igreja.

O religioso disse que se isso viesse a acontecer ele não iria obedecer, pois que a igreja, segundo ele, vem tomando todas as precauções para evitar que os fieis possam se contaminar pela Covid-19.

Por causa da repercussão negativa apos a fala do padre, o Bar das Coleguinhas foi fechado.

De acordo com a secretaria de saúde juncoense, até o momento, foram confirmados 82 casos da Covid-19 e logo no início da pandemia uma pessoa morreu.


Heleno Lima

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only