quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Relator de ação contra Ricardo Coutinho no TSE pede inelegibilidade do ex-governador por oito anos


O relator da Ação de Investigação da Justiça Eleitoral (Aije) movida pela Coligação ”A Vontade do Povo” contra o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, Og Fernandes, pediu a inelegibilidade de Ricardo por oito anos, contados a partir da eleição de 2014.

Também foi admitida pelo relator a inelegibilidade, pelo mesmo período, de Renato Costa Feliciano, Antônio Eduardo Balbino e Tárcio Rodrigues.

A ação aponta abuso de poder no uso do Programa Empreender com objetivos eleitoreiros na campanha para reeleição de Ricardo Coutinho em 2014. A vice-governadora Lígia Feliciano, que também foi citada na ação, foi inocentada porque não possuía cargo público na época, não tendo meios portanto, para interferir no pleito.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only