sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Vacina de Oxford contra covid-19 deverá chegar à Paraíba através do SUS e secretário diz que Saúde cobrará distribuição justa das doses



Após o governador da Paraíba, João Azevêdo, cobrar a distribuição justa entre os estados de uma vacina contra Covid-19, que seja aprovada após testes, o secretário executivo de Saúde, Daniel Beltrammi, informou nessa quarta-feira (30), que essa cobrança será feita pela Secretaria de Estado da Saúde. “Não há dúvida alguma, inclusive por meio de sua atuação no Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Saúde.”

Ele também comentou que já existe um acordo para que a vacina de Oxford seja distribuída para todos os estados. Atualmente, ela tem avançado nos testes. “O consórcio da vacina de Oxford, em parceria com a FIOCRUZ e o Ministério da Saúde, dedica-se a produzir vacinas para Covid-19 que atenderão a Política Nacional de Imunização do SUS. Logo, disponibilizará vacinas para todos os Estados da Federação em atenção às diretrizes vigentes do Sistema Único de Saúde.”

A cobrança para distribuição justa das doses entre os estados foi feita pelo governador na presença do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, na última terça-feira (29), durante solenidade de assinatura do termo que garante R$ 47,8 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na Paraíba.

Vale lembrar que o secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, já havia explicado no dia 20 de agosto que, embora estados estejam em uma corrida para testar e fabricar a vacina, as doses resultantes de um trabalho completamente aprovado cientificamente serão usadas por todos os estados através da Política Nacional de Imunização em vigor no SUS (Sistema Único de Saúde). A preocupação do governador é que os estados mais ricos se beneficiem com mais doses.

Lucas Isídio / Click PB

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only