quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Feriado de 7 de setembro é celebrado com os tradicionais desfiles cívicos em Teixeira


O 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, foi celebrado com desfile cívico na tarde desta Quarta Feira, em Teixeira.  A concentração das escolas iniciou na Rua José Maria Xavier às 16h e os participantes seguiram pelas principais ruas da cidade.

A creche Santa Rita de Cássia foi a primeira a desfilar, levando as crianças a encantarem o público. Logo em seguida a escola Menino Jesus tratou sobre as manifestações folclóricas do país levando para as ruas, tanto a cultura nacional quanto as manifestações de nossa terra, recordando o grupo de danças Sucurus da Serra.

Após o CMJ quem ganhou as ruas com seu desfile foi à escola Silveira Dantas que tratou sobre o aniversário de 25 anos da instituição de ensino. O tema refletiu os primórdios da escola até a sua atualidade, dando sempre ênfase ao professor como peça fundamental para construção de um mundo melhor.

O Instituto educacional abelhinha também falou sobre o aniversário da escola, que neste ano completa 10 anos, semeando a educação. O Capitão João Alves de Lira, escola que sucedeu o IEA trouxe uma particularidade no seu desfile; no meio da apresentação da banda marcial uma guitarra tomou a vez e emocionou a todos com o hino do país e de Teixeira sendo tocado pelo jovem Yvson.

A escola Capitão João Alves de Lira antes de terminar sua apresentação inovou novamente distribuindo aos expectadores mudas de plantas. Quem prosseguiu o desfile cívico de 7 de setembro foi a escola Maria Nunes Ferreira que falou sobre a realização das olimpíadas no Brasil neste ano de 2016.

O Maria das Dores Ramalho Leite trouxe para sua apresentação as danças regionais, enaltecendo o forró: frevo, xaxado e outras. O Dr. Manoel Dantas por sua vez, deu uma aula durante seu desfile, por se tratar em direitos humanos a escola veio de forma impar mostrando como se viver num mundo sem marginalização e sem preconceitos. A banda Marcial da escola foi destaque.

Já era noite quando a última escola se aproximava do palanque montado na Praça Cassiano Rodrigues. A escola José Elias de Amorim apresentou a todos os teixeirenses um pouco da cultura e da geografia da Paraíba. Através de adereços a escola deu um show em sua participação. A inserção da bandeira do estado dentro da banda marcial foi algo que deixou o público encantado.


Para encerrar a noite, o último pelotão da escola José Elias de Amorim, fez ao som de Paraíba Joia Rara do cantor Ton Oliveira uma aplaudida coreografia. 












Mais fotos em: NOSSA PÁGINA NA INTERNET

Vitinho Galdino/ Teixeira em Foco

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial